November 28, 2018 / 10:22 PM / 21 days ago

Trump afirmou a Mueller que não tinha conhecimento prévio de reunião de 2016 na Trump Tower

Presidente dos EUA, Donald Trump, fala com jornalistas na Casa Branca 26/11/2018 REUTERS/Jonathan Ernst

NOVA YORK (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse ao procurador especial encarregado da investigação sobre possível conluio entre sua campanha eleitoral e a Rússia que não tinha conhecimento prévio de uma reunião entre representantes da campanha e russos, afirmou o advogado de Trump Rudy Giuliani nesta quarta-feira.

A afirmação de Trump, em respostas escritas às perguntas feitas pelo procurador especial Robert Mueller, foi divulgada pela primeira vez pela CNN.

“Quase todas as respostas que ele deu são consistentes com o que ele disse publicamente, e publicamente ele disse que não sabia sobre isso”, declarou Giuliani.

O filho mais velho de Trump, Donald Trump Jr., disse que concordou com a reunião depois de receber informações prejudiciais sobre Hillary Clinton, adversária democrata de Trump na eleição de 2016. O genro de Trump, Jared Kushner, e o assessor de campanha Paul Manafort também participaram da reunião de 9 de junho de 2016.

Um porta-voz de Mueller se recusou a comentar.

Trump, que nega repetidamente qualquer conluio entre sua campanha e Moscou, disse publicamente que não tinha conhecimento prévio da reunião de junho de 2016.

Agências de inteligência dos EUA disseram que a Rússia interferiu na eleição com o objetivo de auxiliar Trump. A Rússia negou qualquer interferência.

Reportagem de Karen Freifeld

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below