February 8, 2019 / 3:31 PM / 10 months ago

Conselheira de Trump acusa mulher de agredi-la em restaurante

Kellyanne Conway fala com jornalistas em Washington 04/02/2019 REUTERS/Leah Millis

WASHINGTON (Reuters) - Kellyanne Conway, conselheira de alto escalão da Casa Branca, disse ter sido agredida no ano passado por uma mulher que a agarrou e sacudiu em um restaurante do Estado norte-americano de Maryland, uma acusação que a suposta agressora negou, noticiou a CNN nesta sexta-feira.

Kellyanne disse em uma entrevista à emissora que o incidente ocorreu quando ela estava jantando com a filha no restaurante mexicano Uncle Julio’s de Bethesda, um subúrbio de Washington, e que a mulher agarrou seus braços por trás e estava “descontrolada”.

A acusada, Mary Elizabeth Inabinett, de 63 anos, questionou o relato de Kellyanne, disse seu advogado à CNN, dizendo que não agrediu a conselheira, mas expressou suas opiniões pessoais a uma figura pública em um local público.

Mary Elizabeth enfrenta acusações estaduais de agressão intencional e conduta desordeira no incidente de 14 de outubro, segundo registros judiciais de Maryland. Seu advogado, William Alden McDaniel, disse à CNN que ela se declarará inocente.

O julgamento está marcado para o dia 29 de março, mostraram os autos.

Por Susan Heavey

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below