February 13, 2019 / 7:36 PM / in 10 months

Ataque suicida mata 27 membros da Guarda Revolucionária do Irã

Bandeiras do Irã são vistas em uma praça em Teerã 10/02/2012 REUTERS/Morteza Nikoubaz

GENEBRA (Reuters) - Um homem-bomba matou pelo menos 27 membros da Guarda Revolucionária, força de elite do Irã, na quarta-feira, informou a agência de notícias Tasnim, no sudeste do país, numa região onde as forças de segurança enfrentam ataques de militantes sunitas.

O grupo sunita Jaish al Adl (Braço da Justiça) reivindicou a responsabilidade pelo ataque, informou a Fars.

Um carro-bomba atingiu um ônibus que transportava membros da Guarda, afirmou a força em um comunicado.

O ataque aconteceu na estrada entre as cidades de Zahedan e Khash, uma área volátil perto da fronteira com o Paquistão, onde grupos militantes e traficantes de drogas freqüentemente operam.

Um vídeo postado pela Fars mostrou sangue e entulho na estrada no local do ataque.

Por Babak Dehghanpisheh em Geneva

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below