March 5, 2019 / 7:08 PM / 9 months ago

Indústria global de turismo mostra “resiliência” apesar de crescimento lento

BERLIM (Reuters) - A indústria global de turismo deve expandir 4 por cento em 2019, apesar de crescimento econômico lento em áreas importantes como China e Europa, mas uma saída do Reino Unido da União Europeia sem acordo pode eliminar 700 mil empregos relacionados ao turismo, disse uma associação da indústria nesta terça-feira.

O setor de viagens e turismo cresceu 3,9 por cento, para 8,8 trilhões de dólares em 2018, representando 10,5 por cento do Produto Interno Bruto global e superando o crescimento do PIB global de 3,2 por cento, disse Gloria Guevara, presidente do Conselho Mundial de Viagem e Turismo (WTTC, na sigla em inglês), à Reuters. 

Com base em dados de 185 países, o grupo prevê crescimento estável de 4 por cento neste ano, dada a demanda constante da China, segundo maior mercado de viagens e turismo atrás dos Estados Unidos, e de outros países da Ásia.

“Toda crise influencia os números, mas este setor é muito resiliente”, disse Guevara, notando que a expansão no setor de viagens e turismo tradicionalmente é mais veloz que o crescimento do PIB. 

O Reino Unido e os Estados Unidos foram dois dos poucos países nos quais viagens e turismo ficaram abaixo do crescimento econômico, disse ela, citando a incerteza em relação à saída do Reino Unido da União Europeia e o que ela classificou como “mensagem não acolhedora” sendo enviada pelo presidente norte-americano, Donald Trump. 

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below