March 6, 2019 / 2:20 PM / 5 months ago

Não há solução à vista para superar dificuldades de acordo do Brexit, diz UE

BRUXELAS (Reuters) - As conversas com o Reino Unido para melhorar seu acordo de separação da União Europeia não progrediram e não há solução à vista, disseram autoridades da UE nesta quarta-feira, dias antes de uma votação na qual os parlamentares britânicos tentarão evitar um Brexit caótico.

Porta-voz da Comissão Europeia, Margaritis Schinas, durante entrevista coletiva em Bruxelas 20/06/2018 REUTERS/Yves Herman

Diplomatas disseram que as tratativas conduzidas por Geoffrey Cox, principal advogado do governo da primeira-ministra britânica, Theresa May, em Bruxelas não produziram um acordo reformulado na terça-feira, faltando pouco mais de três semanas para a desfiliação programada para 29 de março.

Conversas entre autoridades menos graduadas devem continuar nesta quarta-feira, mas ainda não existe um cronograma claro para negociações adicionais entre Cox e Michel Barnier.

“(O negociador do Brexit da UE) Michel Barnier informou... que, embora as conversas transcorram em um clima construtivo, os debates têm sido difíceis”, disse Margaritis Schinas, porta-voz da Comissão Europeia, o executivo do bloco.

“Nenhuma solução foi identificada a esta altura que seja coerente com o acordo de retirada, incluindo o protocolo sobre a Irlanda e a Irlanda do Norte, que não será reaberto”, disse ela em um boletim à imprensa depois que Barnier atualizou a Comissão.

No centro do impasse está o “backstop” irlandês, uma apólice de seguro que a UE deseja para evitar a volta de uma fronteira dura entre a província britânica da Irlanda do Norte e a Irlanda, membro da UE, após o Brexit.

O procurador-geral britânico, Geoffrey Cox, disse nesta quarta-feira que os debates do dia anterior em Bruxelas foram “robustos” e detalhados e que serão retomados em breve.

Diplomatas especularam que, se os negociadores das duas partes conseguirem fechar um acordo durante o final de semana, May poderia ir a Bruxelas na segunda-feira para oferecer seu endosso político ao pacto e levá-lo de volta a Londres um dia antes de a Câmara dos Comuns votá-lo.

“É improvável haver um acordo antes do final de semana”, disse uma autoridade da UE. “Estamos nos preparando para trabalhar no final de semana”.

“Estamos em um impasse”, disse um diplomata de um país do bloco que acompanha o Brexit.

Os 28 líderes da UE, incluindo May, decidirão em uma cúpula nos dias 21 e 22 de março se prorrogarão o período de negociação previsto pelo Artigo 50 para além de 29 de março.

Tradução Redação São Paulo, 5511 56447759 REUTERS ES

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below