April 5, 2019 / 11:24 AM / in 7 months

May pede adiamento de Brexit até 30 de junho; UE pode oferecer até 1 ano

Primeira-ministra britânica, Theresa May 02/04/2019 Jack Taylor/Pool via REUTERS

LONDRES/BRUXELAS (Reuters) - A primeira-ministra britânica, Theresa May, solicitou nesta sexta-feira ao presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, um adiamento para o Brexit até 30 de junho, mas disse que espera separar o Reino Unido da União Europeia antes da data a fim de evitar a participação do país nas eleições do bloco.

Uma autoridade da UE assinalou que Tusk pode estar disposto a oferecer, inclusive, uma prorrogação mais longa: até um ano para que os políticos do Reino Unido concordem com um plano de saída e ratifiquem-o no Parlamento.

A França, entretanto, indicou que ainda não está pronta para aceitar uma extensão a menos que o Reino Unido apresente um plano definido, o que justificaria tamanho adiamento.

O Reino Unido atualmente está previsto para deixar a UE em uma semana, mas May foi forçada a pedir mais tempo após o Parlamento britânico não aprovar um acordo de retirada.

O Partido Conservador, de May, está profundamente dividido, assim como o Partido Trabalhista, de oposição, o que levou a uma série de votações inconclusivas no Parlamento.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below