April 30, 2019 / 10:24 PM / 6 months ago

Grupo de Lima expressa "pleno respaldo" a movimento popular liderado por Guaidó na Venezuela

Reunião de líderes do Grupo de Lima em Santiago, Chile 15/04/2019 REUTERS/Rodrigo Garrido

(Reuters) - O Grupo de Lima declarou nesta terça-feira “pleno respaldo” ao movimento popular liderado por Juan Guaidó e renovou o apelo às Forças Armadas da Venezuela para que manifestem lealdade ao autoproclamado presidente interino daquele país.

“Os governos de Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru e Venezuela, membros do Grupo de Lima, expressam seu pleno respaldo ao processo constitucional e popular empreendido pelo povo venezuelano, sob a liderança do presidente encarregado, Juan Guaidó.”

Em comunicado, o grupo exigiu o respeito à vida e liberdade de todos venezuelanos, em particular os membros da Assembleia Nacional e líderes da oposição.

O grupo também exigiu que o presidente Nicolás Maduro encerre “a usurpação” para que se inicie uma transição democrática na Venezuela.

Reportagem de Lisandra Paraguassu; Texto de Alexandre Caverni

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below