May 7, 2019 / 2:52 PM / 4 months ago

Papa cita Madre Teresa e incentiva Macedônia do Norte a se unir à UE

Papa Francisco visita Macedônia do Norte 07/05/2019 REUTERS/Yara Nardi

ESCÓPIA (Reuters) - O papa Francisco abençoou implicitamente nesta terça-feira os esforços da Macedônia do Norte e de outras nações balcânicas para se unirem à União Europeia, dizendo que o país pode ver sua filha mais ilustre, Madre Teresa de Calcutá, como um estímulo para forjar um destino comum.

Depois de dois dias na Bulgária, Francisco chegou à Escópia, capital da Macedônia do Norte, para uma parada de 10 horas, tornando-se a figura internacional mais destacada a visitar o país desde que este deixou de ser chamado apenas de Macedônia em janeiro.

A decisão encerrou uma disputa de décadas com a vizinha Grécia, que tem uma província no extremo norte também chamada Macedônia, e abriu caminho para a Macedônia do Norte, um ex-república iugoslava, se unir à UE e à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

Falando a autoridades no palácio presidencial de Escópia, Francisco elogiou o que classificou como “caldeirão de culturas e identidades étnicas e religiosas” do país recém-rebatizado, que pode servir como exemplo para outros.

“Estas características em particular também são altamente significativas para uma integração maior com as nações da Europa. Tenho esperança de que esta integração desenvolva uma maneira que seja benéfica para a região inteira dos Bálcãs Ocidentais, com respeito inabalável pela diversidade e pelos direitos fundamentais”, disse o papa.

Seis países dos Bálcãs Ocidentais —Albânia, Bósnia, Kosovo, Montenegro, Macedônia do Norte e Sérvia— estão em estágios diferentes do processo de filiação ao bloco.

Francisco elogiou Madre Teresa por trabalhar para unir as pessoas, e pediu ao presidente da Macedônia do Norte, Gjorge Ivanov, que tomasse o exemplo dela.

“Encorajo-vos a perseverar com confiança ao longo do caminho que tomaram para tornar o seu país um farol de paz, aceitação e integração frutuosa entre culturas, religiões e povos”, disse Francisco.

Madre Teresa era conhecida como a “santa das sarjetas” por seu trabalho entre os pobres da Índia. Ela morreu em 1997 e foi oficialmente transformada em santa pelo papa Francisco em 2016.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below