May 20, 2019 / 6:08 PM / 4 months ago

Oposição da Venezuela contrata advogado especializado para auxiliar a reestruturar dívida

Líder da oposição venezuela Juan Guiado durante comício em Guatire, na Venezuela 18/03/2019 REUTERS/Manaure Quintero

CARACAS (Reuters) - A oposição da Venezuela contratou o advogado especializado em dívidas Lee Buchheit para ajudar a reestruturar o déficit de mais de 150 bilhões de dólares do país, sugerindo que poderia adotar uma postura mais dura com relação a investidores que detém títulos inadimplentes.

Buchheit, ex-advogado da Cleary Gottlieb que representou diversas governos em negociações de dívidas com investidores, publicou um artigo acadêmico no ano passado sugerindo caminhos para um futuro governo da Venezuela minimizar o repagamento de dívidas.

A medida vem após quase quatro meses de uma disputa de poder entre o presidente Nicolás Maduro e Juan Guaidó, chefe da Assembleia Nacional controlada pela oposição que invocou a Constituição do país para assumir uma Presidência interina em janeiro, argumentando que a reeleição de Maduro em 2018 era ilegítima.

Guaidó foi reconhecido como líder legítimo da Venezuela por dezenas de países, incluindo os Estados Unidos, que permitiram que seus advogados representassem o país latino em batalhas judiciais com credores. Um tribunal concedeu uma suspensão de ações contra a estatal petrolífera PDVSA por dívidas não pagas devido à crise política na Venezuela.

A tarefa mais imediata para uma possível reestruturação é proteger a Citgo, uma refinaria dos EUA de propriedade da PDVSA. Na semana passada, a oposição fez um pagamento de juros de 71 milhões de dólares sobre títulos fundamentados em ações da Citgo, mas outros credores ainda poderiam tentar tomar a empresa para cobrar dívidas pendentes.

Em outubro, Buchheit coassinou o artigo que argumentava que a Venezuela seria uma candidata a se beneficiar de uma possível ordem executiva norte-americana que protege seus ativos contra a apreensão por parte dos credores. Isso facilitaria uma “solução ordenada” para a mesa de negociações e até mesmo para os devedores relutantes em aceitar perdas em suas participações, escreveu ele.

O Ministério da Informação não respondeu de imediato o pedido por comentários.

Buchheit representará a Venezuela a título pro bono, de acordo com José Ignacio Hernández, que Guaidó denominou procurador especial representando os interesses do país no exterior.

Reportagem de Deisy Buitrago

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below