for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Bomba em mesquita afegã mata importante clérigo durante orações de sexta-feira

Forças de segurança do lado de fora de mesquita após explosão em Cabul 24/05/2019 REUTERS/Omar Sobhani

CABUL (Reuters) - Uma bomba explodiu em uma mesquita na capital afegã, Cabul, durante as orações desta sexta-feira, informaram autoridades, matando três pessoas, inclusive um clérigo de destaque, e ferindo ao menos 20 fiéis.

O clérigo Samiullah Raihan apoiava o governo afegão auxiliado pelo Ocidente, que militantes do Taliban estão tentando depor. Ele também era membro do Conselho Nacional Ulema, a principal organização clerical muçulmana do Afeganistão.

O porta-voz da polícia Firdaws Faramarz disse que aparentemente explosivos foram colocados perto do altar da mesquita de Al-Taqwa, local usado pelo líder da mesquita para iniciar as orações.

O bairro em que o ataque com bomba ocorreu é dominado por muçulmanos sunitas. Nenhum grupo assumiu a autoria, mas o Taliban e combatentes do Estado Islâmico realizam atentados na capital com frequência.

A explosão ocorreu no momento em que dezenas de homens estavam reunidos para orar. O saldo de mortes pode subir, disse uma segunda autoridade.

Por Abdul Qadir Sediqi

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up