June 30, 2019 / 5:33 PM / 3 months ago

Holandês Timmermans é favorito para principal cargo da UE

BRUXELAS (Reuters) - O socialista holandês Frans Timmermans deve ser nomeado o próximo chefe executivo da União Europeia, disseram diplomatas e autoridades neste domingo, horas antes do encontro entre líderes da União Europeia se reunirem para decidir quem ocupará os principais cargos do bloco.

Enfrentando forte e inesperada resistência de países do leste europeu, Timmermans deverá ser escolhido como o próximo presidente da Comissão Europeia após negociações entre França, Espanha, Holanda e Alemanha na Cúpula do G20 no Japão, segundo informaram dois diplomatas e um conselheiro do Parlamento Europeu.

Se confirmada, a escolha marcaria a vitória de centristas e liberais, que enfrentam o que classificam como um aumento da dominação alemã em Bruxelas, e encerraria 15 anos de controle da centro-direita na Comissão Europeia.

“Parece que será Timmermans para o cargo de presidente da Comissão Europeia”, contou um diplomata envolvido nas negociações à Reuters, uma posição reverberada por um segundo enviado quando perguntado sobre o processo de seleção para os principais cinco cargos do bloco em mandatos de cinco anos.

Se confirmado como o sucessor de Jean-Claude Juncker, Timmermans, de 58 anos, disse que suas prioridades seriam o combate às mudanças climáticas, garantir um salário mínimo para os trabalhadores europeus, e construir novos laços com a África, de onde vem a maioria dos imigrantes que chegam à Europa nos últimos anos.

Antti Rinne, o primeiro chanceler finlandês de esquerda em 20 anos, disse à Reuters que apoiou a candidatura de Timmermans para chefe da Comissão, e que essa decisão agora permitiria que outros cargos fossem preenchidos.

Além da presidência da Comissão, os outros cargos disponíveis são as presidências do Parlamento Europeu e do Conselho Europeu - que reúne os governos da UE - e também o cargo de chefia de política Externa do bloco, além do comando do Banco Central Europeu, responsável pela moeda do bloco, o euro.

Rinne disse que a Finlândia tinha fortes candidatos à chefia do Banco Central Europeu, com candidatos experientes como Erkki Liikanen, ex-diretor do banco central finlandês, e o governador do banco da Finlândia Olli Rehn, um ex-comissário econômico europeu.

Timmermans, atual vice-presidente da Comissão e ex-ministro de Relações Exteriores da Holanda, deve ser confirmado em seu novo cargo em um jantar da cúpula europeia que reunirá os 28 líderes do bloco em Bruxelas com início às 18 horas no horário local.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below