July 1, 2019 / 3:29 PM / 4 months ago

Rússia propõe troca de prisioneiros aos EUA, diz agência Interfax

MOSCOU (Reuters) - A Rússia pediu aos Estados Unidos nesta segunda-feira que libertem o piloto russo Konstantin Yaroshenko e propôs uma troca de prisioneiros para Washington obter a soltura de qualquer cidadão norte-americano detido na Rússia, disse a agência de notícias Interfax.

Ex-fuzileiro dos EUA Paul Whelan em tribunal de Moscou 20/06/2019 REUTERS/Maxim Shemetov

Os comentários podem alimentar a especulação de que Moscou busca uma troca de prisioneiros envolvendo Paul Whelan, ex-fuzileiro naval dos EUA preso e detido na Rússia devido a acusações de espionagem, que ele nega e que disse equivalerem a um sequestro político.

Yaroshenko está cumprindo uma pena de 20 anos por conspirar para contrabandear cocaína para os EUA. Ele foi preso por forças especiais norte-americanas na Libéria em 2010.

“Libertem Yaroshenko, troquem-no por um americano ou americanos que estão cumprindo sua pena aqui”, disse o vice-ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Ryabkov, segundo citação da Interfax.

Ele não mencionou nenhum cidadão norte-americano específico sob custódia.

Whelan, que possui passaportes norte-americano, britânico, canadense e irlandês, foi detido em um quarto de hotel de Moscou em 28 de dezembro.

Ao comparecer a um tribunal no mês passado, ele apelou ao presidente dos EUA, Donald Trump, para que intervenha por ele, dizendo que “não podemos manter a América grande a menos que protejamos agressivamente” os cidadãos norte-americanos onde quer que estejam.

Em maio, Whelan disse que estava sendo ameaçado na prisão e humilhado.

A embaixada dos EUA em Moscou disse nesta segunda-feira que pediu ao governo russo que permita uma avaliação independente de seu estado, mas que o pedido foi rejeitado e que o estado de Whelan piorou.

Também nesta segunda-feira, Ryabkov exortou os EUA a devolverem propriedades russas confiscadas como um primeiro passo para melhorar as relações bilaterais fragilizadas.

Ryabkov falou alguns dias antes de Trump e o presidente russo, Vladimir Putin, se encontrarem nos bastidores da cúpula do G20 na cidade japonesa de Osaka.

Reportagem adicional de Vladimir Soldatkin

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below