July 1, 2019 / 9:05 PM / 4 months ago

Irã diz que acúmulo de urânio acima do limite não viola acordo nuclear

Ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif, durante entrevista à Reuters em Nova York 24/04/2019 REUTERS/Carlo Allegri

GENEBRA (Reuters) - O Irã afirmou nesta segunda-feira que o acúmulo de mais urânio enriquecido do que o permitido por seu acordo com potências globais não foi uma violação do pacto, uma vez que estava exercendo seu direito de responder à saída dos Estados Unidos do acordo no ano passado.

“Nós NÃO violamos o #JCPOA”, disse no Twitter o ministro de Relações Exteriores do país, Mohammad Javad Zarif, se referindo ao acordo nuclear por sua sigla formal em inglês.

“O parágrafo 36 do acordo justifica. Nós acionamos e esgotamos o parágrafo 36 após a saída dos EUA. Demos a E3+2 algumas semanas, enquanto nos reservávamos a nosso direito. Finalmente agimos, após 60 semanas. Assim que E3 cumprirem suas obrigações, iremos reverter”, disse ele.

Zarif tuitou a mensagem juntamente com o texto do parágrafo 36 do acordo, que fornece um mecanismo para a resolução de disputas quando as partes acreditam que outros signatários não estão cumprindo suas obrigações totalmente.

Na mensagem, E3 se refere a Alemanha, Reino Unido e França, enquanto E3+2 também inclui Rússia e China.

Reportagem de Babak Dehghanpisheh

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below