July 2, 2019 / 12:00 PM / 5 months ago

Irã rejeita acusação dos EUA de que viola há tempos acordo nuclear

Chanceler do Irã, Mohammad Javad Zarif, durante entrevista à Reuters em Nova York 24/04/2019 REUTERS/Carlo Allegri

DUBAI (Reuters) - O Irã rejeitou nesta terça-feira uma acusação da Casa Branca de que viola há tempos os termos do acordo nuclear com potências mundiais, depois de anunciar que acumulou mais urânio enriquecido do que o permitido pelo pacto.

“É sério?”, disse o ministro das Relações Exteriores iraniano, Mohammad Javad Zarif, em um tuíte depois de a porta-voz da Casa Branca, Stephanie Grisham, dizer em um comunicado: “Existe pouca dúvida de que, mesmo antes da existência do acordo, o Irã estava violando seus termos”.

O anúncio de Teerã levou o presidente dos EUA, Donald Trump, a alertar que a República Islâmica está “brincando com fogo”.

Tratou-se da primeira grande medida iraniana a romper com os termos do pacto desde que os Estados Unidos se desligaram deste mais de um ano atrás, mas Zarif disse que não é uma violação do acordo, argumentando que seu país está exercendo o direito de reagir à retirada norte-americana.

A medida iraniana pode ter consequências abrangentes para a diplomacia, em um momento no qual países europeus estão tentando afastar os EUA e o Irã do precipício da guerra, já que veio menos de duas semanas após Trump ordenar ataques aéreos ao Irã e cancelá-los na última hora.

A agência de notícias iraniana Fars relatou que agora o estoque de urânio enriquecido iraniano ultrapassou o limite de 300 quilos permitido pelo acordo.

A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), entidade regulatória da Organização das Nações Unidas (ONU) que monitora o programa nuclear do Irã, confirmou em Viena que Teerã ultrapassou o limite.

Ao ser indagado se tem uma mensagem para o Irã, Trump respondeu: “Nenhuma mensagem para o Irã. Eles sabem o que estão fazendo. Eles sabem com o que estão brincando, e acho que estão brincando com fogo. Então, absolutamente nenhuma mensagem para o Irã”.

Redação Dubai; Reportagem adicional de Jonathan Landay, em Washington

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below