July 9, 2019 / 7:41 PM / 2 months ago

Ministro de Finanças do México renuncia; Herrera é nomeado sucessor

Carlos Urzúa 15/02/2019 REUTERS/Henry Romero

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O ministro das Finanças do México, Carlos Urzúa, renunciou nesta terça-feira, citando diferenças profundas em questões econômicas, num golpe para o governo do presidente Andrés Manuel López Obrador, que nomeou um vice-ministro para substituí-lo.

    “Diferenças sobre questões econômicas, houve muitas. Algumas aconteceram porque nesta administração decisões de política pública foram tomadas sem base suficiente”, escreveu Urzúa numa carta contundente postada no Twitter.

    “Estou convencido de que as políticas econômicas devem sempre ser baseadas em evidências, cuidadosas com seus possíveis impactos e livres de extremismo, seja da direita ou da esquerda. Mas estas convicções não ressoaram durante o meu mandato nesta administração”, disse Urzúa.

O peso mexicano caiu mais de 2% após a notícia e o principal índice de ações caiu quase 1,5%.

“Os mercados não gostam de surpresas”, disse Gabriela Siller, diretora de análise econômica do Banco Base.

    López Obrador rapidamente promoveu o vice-ministro das Finanças, Arturo Herrera, para assumir o cargo. Herrera é bem conhecido por investidores e visto como um gerente econômico competente.

    Investidores preocupam-se com a direção política de López Obrador desde que ele cancelou um grande projeto de aeroporto antes de tomar posse, e o governo entrou em conflito com empresas em várias ocasiões.

    (Reportagem de Miguel Angel Gutierrez)

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below