July 11, 2019 / 3:09 PM / 2 months ago

EUA sancionam agência de contrainteligência da Venezuela após morte de capitão da Marinha

Presidente venezuelano Nicolás Maduro 28/05/2019 Palácio de Miraflores/Divulgação via REUTERS

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos impuseram sanções nesta quinta-feira contra a agência de contrainteligência militar da Venezuela após a morte de um capitão da Marinha sob sua custódia em meio a alegações de tortura.

O Tesouro dos EUA disse em seu site que sancionou o Diretoria Geral de Contrainteligência Militar, mas não deu outros detalhes.

O governo do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, confirmou a morte de Rafael Acosta em 29 de junho. Acosta foi detido oito dias antes por suposta participação em um plano de golpe.

Organizações de direitos humanos e líderes políticos acusaram o governo Maduro de torturar Acosta até a morte e de se recusar a esclarecer as circunstâncias.

Por Lesley Wroughton

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below