for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Pence pede que Arábia Saudita solte blogueiro que fez críticas ao Islã

Vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante evento sobre liberdade religiosa em Washington 18/07/2019 REUTERS/Mary F. Calvert

WASHINGTON (Reuters) - O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, criticou nesta quinta-feira a Arábia Saudita, país aliado aos EUA, por suprimir liberdades religiosas e pediu que o governo saudita liberte RaifBadawi, um blogueiro preso por criticar o Islã.

Falando durante conferência sobre liberdade religiosa no Departamento de Estado, Pence destacou a prisão de dissidentes religiosos na Eritréia, Mauritânia, Paquistão e Arábia Saudita.

“Todos estes quatro homens se mantiveram fortes na defesa da liberdade religiosa, apesar de pressão inimaginável, e o povo norte-americano está com eles”, disse Pence. “Os Estados Unidos pede que os governos da Eritréia, Mauritânia, Paquistão e Arábia Saudita respeitem a liberdade de consciência e libertem estes homens.”

Por Lesley Wroughton e David Brunnstrom

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up