July 21, 2019 / 5:15 PM / 4 months ago

Bloco pró-reforma da Constituição do Japão não alcança dois terços do Senado

TÓQUIO (Reuters) - O bloco governista do primeiro-ministro Shinzo Abe venceu uma maioria sólida no Senado do Japão, nas eleições deste domingo, mas sua coalizão e seus outros aliados não conseguiram alcançar a maioria de dois terços para avançar com uma revisão da Constituição pacifista, segundo projeção da emissora de televisão pública NHK. 

Abe, que assumiu o poder em dezembro de 2012 prometendo recuperar a economia e reforçar a defesa nacional, caminha para se tornar o premiê mais longevo do Japão caso fique no cargo até novembro, uma incrível reviravolta depois que seu primeiro mandato de um ano terminou abruptamente e com problemas em 2007. 

O comparecimento, no entanto, provavelmente ficou abaixo de 50% pela primeira vez em uma eleição para o Senado desde 1995, disse a NHK, sinal de que muitos eleitores sentiram a falta de uma opção atrativa. 

O Partido Liberal Democrata (LDP, na sigla em inglês), de Abe, e seu aliado Partido Komeito ficarão com pelo menos 69 dos 124 assentos em disputa na Casa Alta do Parlamento, com 245 integrantes. Nove assentos ainda estão indefinidos, mostrou a projeção da NHK. Junto com os assentos não disputados, isso assegura a maioria para eles. 

Mas a NHK afirmou que o bloco governista e seus aliados não alcançarão os 85 assentos necessários para obter a “supermaioria” de dois terços exigida para começar a revisar o Artigo 9 da Constituição pacifista para legitimar ainda mais o Exército, medida controversa. 

Abe, no entanto, disse que o tamanho da vitória mostrou que os eleitores querem debater a mudança no texto pela primeira vez desde sua promulgação após a derrota do Japão na Segunda Guerra Mundial. 

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below