July 26, 2019 / 11:00 PM / 4 months ago

Guatemala evita ameaça de sanções de Trump com novo acordo de imigração

Presidente dos EUA, Donald Trump 26/07/2019 REUTERS/Leah Millis

Por Steve Holland e Sofia Menchu

WASHINGTON/CIDADE DA GUATEMALA (Reuters) - O presidente norte-americano, Donald Trump, disse nesta sexta-feira que concordou em retirar a ameaça de sanções econômicas contra a Guatemala, depois que o país concordou em aplicar novas medidas de imigração a cidadãos de Honduras e El Salvador. 

A administração Trump luta contra um fluxo de imigrantes, principalmente da América Central, buscando asilo na fronteira sul dos EUA com o México, que tornou difícil a Trump restringir a imigração, como prometeu quando foi eleito. 

Trump queria que a Guatemala assinasse o que é conhecido como um acordo de terceiro país seguro, que exige a requerentes buscar refúgio primeiro em um terceiro país, por meio do qual eles viajaram para chegar aos Estados Unidos. 

A Corte Constitucional da Guatemala decidiu que um acordo desses não pode ser assinado sem a aprovação do Congresso do país, que está em recesso de verão. 

Trump afirmou a repórteres na sexta-feira que a Guatemala havia assinado um acordo de terceiro país, mas o governo guatemalteco não usou esse termo. Disse que novas medidas aplicavam-se apenas a cidadãos de Honduras e El Salvador. 

Trump ameaçou impor tarifas, proibições de viagem e atingir remessas de valores com taxas quando o acordo entrou em colapso semana passada.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below