for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Limpe seu distrito "nojento e infestado por ratos e roedores", diz Trump a deputado negro

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, atacou um importante crítico afro-americano seu neste sábado, chamando-o de um “valentão brutal” que deveria se concentrar na limpeza de seu distrito de Baltimore “nojento e infestado por ratos e roedores”, ao invés de criticar o trabalho das autoridades de imigração dos Estados Unidos na fronteira com o México.

O alvo de Trump em uma série de tuítes na manhã foi o deputado Elijah Cummings, o presidente democrata de um Comitê de Supervisão da Câmara dos Deputados, que já chamou Trump de racista e criticou de maneira firme suas políticas em relação à imigração.

Na última quinta-feira, o comitê aprovou por 23 votos a 16 permitir que Cummings emita intimações a autoridades da Casa Branca, incluindo a filha de Trump, Ivanka, e seu genro, Jared Kushner, aprofundando a investigação sobre potenciais violações de leis de manutenção de registros governamentais.

Em seu tuíte, Trump, que é do Partido Republicano, se voltou às críticas de Cummings sobre as políticas de seu governo em relação à fronteira com o México.

“O deputado Elijah Cummings tem sido um valentão brutal, gritando com os homens e mulheres da Patrulha da Fronteira sobre as condições na fronteira sul, quando na verdade seu distrito em Baltimore está MUITO PIOR e mais perigoso. Seu distrito é considerado o pior nos Estados Unidos”, escreveu Trump.

“A fronteira está limpa, eficiente, bem administrada, mas muito cheia. O distrito de Cummings é nojento, uma bagunça infestada de ratos e roedores. Se ele passasse mais tempo em Baltimore, talvez ele pudesse ajudar a limpar esse lugar imundo e perigoso”, disse.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up