August 2, 2019 / 6:24 PM / 4 months ago

EUA proíbem entrada de duas autoridades da Venezuela no país

Mulher com bandeira da Venezual durante protesto em Caracas 05/05/2019 REUTERS/Ueslei Marcelino

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos disseram nesta sexta-feira que impedirão duas autoridades da Venezuela acusadas de violar direitos humanos de entrarem em solo norte-americano, na ação mais recente para forçar a saída do presidente venezuelano, Nicolás Maduro.

O Departamento de Estado norte-americano disse em um comunicado que as duas autoridades, Rafael Enrique Bastardo Mendoza, comandante das forças especiais da Venezuela, e Iván Rafael Hernández Dala, o chefe de contrainteligência, cometeram “violações graves de direitos humanos”.

Os EUA impuseram sanções financeiras a ambos, além de três outras pessoas, em fevereiro.

A medida do Departamento de Estado permite aos EUA revogar qualquer visto que os dois funcionários, seus cônjuges ou filhos menores de idade possam ter e os impede de viajar aos EUA.

Por Makini Brice e Susan Heavey

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below