August 8, 2019 / 12:48 PM / 3 months ago

Ao menos 300 políticos da Caxemira são detidos para conter protestos

SRINAGAR, Índia (Reuters) - Autoridades da Índia detiveram ao menos 300 políticos e separatistas da Caxemira para conter protestos contra a anulação do status especial da região, disseram um policial, líderes locais e a mídia nesta quinta-feira, o que representa uma das maiores operações de repressão em anos.

Mulher limpa rua cheia de pedras em Srinagar, na Caxemira 07/08/2019 REUTERS/Danish Ismail

Desde domingo, o governo suspendeu os serviços de telefonia móvel e internet e proibiu reuniões públicas em Srinagar, a maior cidade da região, depois de privar o Estado de maioria muçulmana do direito de formular suas próprias leis e revogar uma proibição de décadas que impedia pessoas que não moram na região de comprar propriedades ali.

O grupo governista hindu nacionalista do primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, que vem pleiteando há tempos o fim do status especial da Caxemira, espera que a medida abrangente ajude a aumentar o controle sobre a região, onde uma revolta armada ocorre desde 1989.

A ação também elevou as tensões com o Paquistão, que reivindica a Caxemira e prometeu lutar pelos direitos da população regional. Islamabad disse que expulsaria o embaixador da Índia e suspenderia o comércio bilateral com sua arquirrival.

Milhares de policiais paramilitares foram enviados a Srinagar, escolas foram fechadas e ruas e bairros foram cercados por barricadas. Ainda assim, houve protestos esporádicos, disseram dois policiais, pedindo anonimato devido à delicadeza da situação.

Em ao menos 30 pontos de Srinagar houve lançamentos de pedras na noite de terça-feira, disse um deles. Ao menos 13 pessoas foram atendidas no principal hospital da cidade com ferimentos de projéteis, acrescentou.

Na noite de quarta-feira, o bairro velho de Srinagar foi interditado, policiais do batalhão de choque foram posicionados a poucos metros de distância e postos de verificação com arame farpado foram instalados com espaço de algumas centenas de metros.

Perto de Jama Masjid, há tempos o epicentro dos protestos em Srinagar, tijolos e pedras remanescentes dos episódios de lançamento de pedra recentes se espalhavam por ao menos três locais.

Uma testemunha disse que também houve lançamento de pedra na área de Bemina, no noroeste de Srinagar, onde algumas ruas foram bloqueadas com postes e seixos.

“Existe muita raiva entre as pessoas”, disse um dos policias.

Os moradores da Caxemira veem a decisão de Modi de anular seu status especial como uma quebra de confiança que abre caminho para sua região ser inundada por pessoas do resto do país, o que pode acabar alterando sua demografia.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below