August 12, 2019 / 11:40 PM / 3 months ago

Negociações dos EUA com Talibã terminam sem acordo; partes envolverão líderes

CABUL (Reuters) - Negociações para um pacto que permitiria que os Estados Unidos encerrassem sua guerra mais longa e retirassem tropas do Afeganistão terminam nesta segunda-feira, sem que um acordo tenha sido atingido, com negociadores dizendo que consultarão seus líderes para os próximos passos.

Realizada no Catar, a negociação trazia esperanças de um acordo que permitisse que as tropas norte-americanas deixassem o país em troca de uma promessa do Talibã de que o Afeganistão não seria usado por militantes islâmicos como uma base para planejar ataques no exterior.

Os EUA pressionam para um acordo com o Talibã em outros dois elementos de longo alcance: compartilhamento do poder com o atual governo afegão apoiado por Washington e um cessar-fogo.

A oitava rodada de conversas, que começou em 3 de agosto e foi focada em detalhes técnicos, foi encerrada nas primeiras horas, de acordo um porta-voz do Talibã Zabihullah Mujahid.

“Prolongamos nossa reunião com a esperança de atingir um acordo de paz, mas não conseguimos”, disse um membro da equipe de negociação do Talibã no Catar. “Discutimos uma série de questões e desenvolvemos um consenso em algumas delas, mas não conseguimos chegar a uma conclusão”, afirmou o membro da delegação, que se recusou a se identificar.

Os negociadores norte-americanos demandam que o Talibã anuncie cessar fogo e iniciar conversas diretas com o governo de Cabul, disse a autoridade do Talibã.

Reportagem de Robert Birsel e Jibran Ahmed em Peshawar

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below