August 30, 2019 / 6:07 PM / 20 days ago

5 Estrelas contraria PD com termos duros para coalizão na Itália

Líder do partido italiano Movimento 5-Estrelas, Luigi di Maio. 28/8/2019. REUTERS/Ciro de Luca

ROMA (Reuters) - O líder do partido italiano Movimento 5 Estrelas disse nesta sexta que fará uma coalizão com o opositor Partido Democrático (PD) somente se este concordar com uma série de exigências políticas, adotando um tom inflexível para as negociações.

A mensagem dura de Luigi Di Maio abalou a esperança crescente em um acordo, derrubando os mercados financeiros, enquanto um PD atordoado buscou esclarecer de imediato se o 5-Estrelas ainda quer um acordo.

    A coalizão prévia entre o 5 Estrelas e a Liga de extrema-direita desmoronou no início deste mês, quando o líder da Liga, Matteo Salvini, se retirou da aliança na esperança de antecipar as eleições e capitalizar sua popularidade cada vez maior.

    A manobra de Salvini fracassou quando o 5 Estrelas e o PD surpreenderam se dizendo dispostos a tentar deixar de lado suas velhas animosidades e forjar uma nova coalizão, mantendo Giuseppe Conte, não filiado a nenhum partido, primeiro-ministro.

    Mas Di Maio pareceu seguir uma linha aparentemente intransigente após uma rodada inicial de conversas com Conte, dizendo que o PD teria que apoiar uma série de políticas se quisesse governar, inclusive medidas que este já rejeitou.

    “Os pontos do nosso programa são claros. Se eles forem incluídos no programa de governo, podemos começar. Se não, seria melhor voltar às eleições, e, poderia acrescentar, assim que possível”, disse Di Maio.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below