for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

EUA fazem ameaças para travar vendas de petróleo do Irã a tradicionais clientes, diz Zarif

DUBAI (Reuters) - O ministro de Relações Exteriores do Irã acusou os Estados Unidos neste sábado de se envolverem em “pirataria e ameaças” para impedir o governo iraniano de vender petróleo a tradicionais clientes, após Washington ter colocado em uma lista negra de sanções um petroleiro iraniano acusado de estar a caminho da Síria.

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, disse na sexta-feira que os Estados Unidos tinham informações confiáveis de que o navio-tanque iraniano Adrian Darya, que foi colocado na lista negra pelo Departamento de Tesouro dos EUA, estava a caminho da Síria.

“Os EUA se envolvem em pirataria e ameaças para evitar que o Irã venda petróleo para seus tradicionais clientes”, disse o ministro iraniano Mohammad Javad Zarif, no Twitter.

“Pare de incomodar @SecPompeo: venderemos petróleo para todos e quaisquer compradores”, escreveu ele, citando o secretário norte-americano Pompeo.

Por Redação Dubai

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up