August 31, 2019 / 6:49 PM / 2 months ago

Irã exibe satélite sem danos após falha em lançamento

DUBAI (Reuters) - O Irã exibiu um satélite não danificado neste sábado, dias depois de um foguete explodir em sua plataforma de lançamento no terceiro lançamento fracassado do ano, revelado em um tuíte do presidente norte-americano Donald Trump cerca de horas antes.

Os Estados Unidos alertaram o Irã contra o lançamento de foguetes, temendo que a tecnologia usada para colocar satélites em órbita possa ajudar o país a desenvolver a capacidade de mísseis balísticos necessários para o lançamento de ogivas nucleares, embora Teerã negue que sua atividade seja uma cobertura para esse desenvolvimento.

Na sexta-feira, Trump postou no Twitter uma foto do que parecia ser o local de um fracassado lançamento do satélite iraniano, levantando dúvidas sobre se ele havia revelado segredos de inteligência dos EUA.

Repórteres foram levados para ver o satélite Nahid 1 (Vênus 1) em um laboratório estatal no sábado, disseram agências de notícias iranianas.

Questionado sobre a explosão que levou ao fracasso do lançamento, Mohammad Javad Azari-Jahromi, ministro das Comunicações, disse que o Ministério da Defesa deve anunciar detalhes do incidente, segundo a agência de notícias semi-oficial do Irã, Mehr.

“Mas o que sabemos é que o satélite Nahid ainda está sendo preparado no Instituto Iraniano de Pesquisa Espacial”, acrescentou.

Antes, em um post no Twitter, Jahromi disse: “Eu e o Nahid 1 agora. Bom dia, Donald Trump!” junto com uma foto que o mostrava junto ao satélite.

O foguete explodiu em sua plataforma de lançamento na quinta-feira, disse uma autoridade iraniana à Reuters, embora a mídia iraniana não tenha relatado o fracasso do lançamento.

Uma autoridade dos EUA também disse que o Irã sofreu uma falha no lançamento de satélite.

A administração de Trump aumentou a pressão econômica sobre o Irã este ano com sanções para tentar forçá-lo a renegociar um pacto de 2015 com as potências mundiais que limita seu programa nuclear. Trump retirou os Estados Unidos do pacto em maio do ano passado.

Trump se ofereceu para negociar com o Irã, mas Teerã diz que deve primeiro obter alívio das sanções dos EUA contra o país.

Por Redação Dubai

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below