September 13, 2019 / 12:04 PM / a month ago

Biden ataca Warren e Sanders por custos de sistemas de saúde em debate presidencial democrata

HOUSTON (Reuters) - Pré-candidato presidencial democrata favorito, Joe Biden confrontou os concorrentes progressistas Elizabeth Warren e Bernie Sanders no tema do sistema de saúde em um debate na noite de quinta-feira, defendendo o Obamacare e pressionando-os a ser honestos sobre o custo de seus planos.

Pré-candidados presidenciais democratas Biden, Sanders e Warren durante debate 12/09/2015 REUTERS/Mike Blake

Na noite em que os 10 pré-candidatos democratas mais bem colocados dividiram um palco de debate pela primeira vez, eles se concentraram mais em sua oposição comum ao presidente republicano dos Estados Unidos, Donald Trump, e refrearam a troca de farpas que marcou os dois primeiros debates do verão.

Biden foi mais agressivo do que em qualquer um dos dois primeiros debates, em que foi atacado com frequência devido ao seu histórico nas questões de raça e da reforma do sistema de justiça criminal durante seu longo período no Senado.

Mas como nos dois primeiros debates, os democratas não demoraram a entrar no campo de batalha do sistema de saúde, tópico que provocou as maiores discórdias na campanha para a escolha do colega que enfrentará Trump na eleição de novembro de 2020.

Biden, que atuou como vice-presidente durante os oito anos do governo Barack Obama, disse que levará adiante a histórica Lei de Cuidados Acessíveis de 2010, conhecida popularmente como Obamacare. Ele acusou Warren e Sanders de quererem desmantelá-la como o Medicare for All, uma proposta de programa de sistema de saúde estatal que eliminaria os planos particulares.

“Sei que a senadora diz que ela está com Bernie. Bem, eu estou com Barack. Acho que o Obamacare funcionou”, disse Biden, pedindo que Warren e Sanders explicassem como financiariam seus planos. “Estamos falando de franqueza, honestidade, grandes ideias”.

Warren, senadora do Massachusetts que subiu para a segunda posição, atrás de Biden, em muitas pesquisas de opinião sobre a corrida democrata, elogiou os esforços do sistema de saúde de Obama, mas disse que é preciso mais.

“Agora a questão é a melhor maneira de o aprimorarmos”, disse, acrescentando que, com o Medicare for All, aqueles que estão no topo pagariam mais, mas a classe média pagaria menos.

Tirando a discussão sobre a saúde, Biden e Warren evitaram qualquer choque frontal. Sanders e Julian Castro, ex-secretário da Habitação, lideraram a ofensiva contra Biden.

A senadora Amy Klobuchar, do Minnesota, tentou acalmar os ânimos. “Uma casa dividida não se mantém de pé”, observou, citando um discurso famoso de Abraham Lincoln.

Reportagem adicional de Ginger Gibson e Doina Chiacu, em Washington

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below