February 23, 2020 / 6:14 PM / 3 months ago

Conservadores de Merkel tem seu pior resultado histórico em eleições regionais de Hamburgo

BERLIM (Reuters) - Os eleitores da cidade alemã de Hamburgo puniram os conservadores de Angela Merkel no domingo, empurrando-os para o terceiro lugar em seu primeiro teste eleitoral desde que o protegido da chanceler desistiu da eleição.

As pesquisas de boca-de-urna também indicaram que quatro dias depois que um atirador racista matou 11 pessoas na cidade de Hanau, no oeste, a Alternativa de Extrema Direita para a Alemanha (AfD) deve ser expulsa do parlamento de Hamburgo, ficando um pouco abaixo do limite de 5% necessário.

“Os nazistas saíram”, gritaram simpatizantes dos vitoriosos social-democratas (SPD) e dos verdes enquanto comemoravam na cidade do norte da Alemanha.

As pesquisas de opinião pública da emissora pública ZDF colocaram o SPD, que compartilha poder com os conservadores no nível federal, com 38%, queda de cerca de 7 pontos em relação a 2015, mas ainda é o partido mais forte de Hamburgo, tradicionalmente um reduto de centro-esquerda.

Enfrentando uma reação de uma crise de liderança e um protesto contra um ramo local da CDU no leste da Alemanha ao lado do AfD, os Conservadores Democratas Cristãos (CDU) de Merkel obtiveram apenas 11%, seu pior resultado de sempre em Hamburgo.

“Para nós na CDU, este é um resultado amargo nas eleições”, disse o primeiro-ministro da CDU no estado de Schleswig Holstein, Daniel Guenther.

Há duas semanas, a líder da CDU, Annegret Kramp-Karrenbauer, mergulhou o partido no caos, dizendo que ficaria de fora do pleito, abrindo a corrida para suceder a chanceler.

Merkel, chanceler por quase 15 anos, disse que não concorrerá novamente nas próximas eleições federais, previstas para outubro de 2021.

Os Verdes foram os maiores vencedores, refletindo sua força em nível nacional, devido principalmente ao crescente medo sobre as mudanças climáticas. Eles praticamente dobraram seus votos, para 25,5%.

Os resultados apontam para uma continuação da coalizão dominante do SPD e dos Verdes em Hamburgo.

Reportagem de Madeline Chambers e Tom Sims

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below