February 28, 2020 / 3:18 PM / 4 months ago

"O mundo está em chamas", diz Greta Thunberg em protesto pelo clima na Inglaterra

BRISTOL, Inglaterra (Reuters) - Greta Thunberg recriminou políticos e a mídia, nesta sexta-feira, por ignorarem um cataclismo iminente do clima, dizendo que estão traindo sua geração por uma falta de ação diante de um mundo em chamas.

Ativista do clima Greta Thunberg durante protesto em Bristol 28/02/2020 REUTERS/Dylan Martinez

Milhares de pessoas compareceram a uma manifestação na cidade de Bristol, no sudoeste inglês, para participar do protesto ao lado de Thunberg, a ativista adolescente que tem repreendido governos de todo o mundo por causa da mudança climática.

Conhecida simplesmente como Greta, a ativista de 17 anos conquistou o apoio de muitos jovens com seus clamores fervorosos para que os líderes mundiais tomem atitudes com urgência.

“Não serei silenciada enquanto o mundo está em chamas – e vocês?”, disse. “Esta emergência está sendo completamente ignorada pelos políticos, pela mídia e por aqueles no poder. Basicamente, nada está sendo feito... apesar de todas as palavras bonitas”.

Apoiadores erguiam cartazes que diziam “Mudem a política, não o clima” e “O oceano está se erguendo, e nós também!”.

Depois que terminou de falar, Thunberg liderou uma marcha pelo centro de Bristol. A polícia local estimou o comparecimento em mais de 20 mil pessoas.

Thunberg repreendeu líderes mundiais em diversas ocasiões, inclusive o presidente norte-americano, Donald Trump, por ignorarem os perigos da mudança climática, mas Trump rejeitou o que classifica como “profetas do apocalipse” do clima.

“Estamos sendo traídos por aqueles no poder. Eles estão fracassando conosco. Mas não recuaremos”, disse Thunberg no protesto.

“E se vocês se sentem ameaçados por isso, tenho notícias muito ruins para vocês. Não seremos silenciados, porque nós somos a mudança, e a mudança está vindo, quer vocês gostem ou não”.

Thunberg está no Reino Unido desde o último final de semana. Na terça-feira, ela visitou a Universidade de Oxford, onde conheceu Malala Yousafzai, ganhadora do Prêmio Nobel da Paz e defensora da educação feminina, que estuda na instituição.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below