for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Mortes por coronavírus na Espanha aumentam enquanto empresas se preparam para reabrir

MADRI (Reuters) - O número de mortes por coronavírus na Espanha aumentou neste domingo pela primeira vez em três dias, enquanto algumas empresas se preparam para reabrir após o relaxamento das rigorosas medidas para contenção do Covid-19 no país.

O número de mortes por coronavírus na Espanha subiu para 16.972 neste domingo, ante 16.353 no dia anterior, um aumento de 3,79% segundo os dados mais recentes do Ministério da Saúde.

Um total de 619 pessoas morreram da doença, acima dos 510 óbitos registrados no dia anterior. O aumento ocorreu neste domingo após uma série de quedas.

Já o número total de casos registrados subiu para 166.019, frente a 161.852 no sábado, um crescimento de 2,57%, inferior à elevação de 3,08% no sábado.

Medidas rigorosas de contenção ajudaram a reduzir a taxa de mortalidade que atingiu o pico no início de abril, e o número de mortos registrado no sábado foi o mais baixo em 19 dias, enquanto o aumento nos casos caiu aproximadamente pela metade na comparação com a semana anterior.

Todos os trabalhadores não essenciais foram instruídos a ficar em casa, mas o governo planeja voltar na segunda-feira às medidas menos rigorosas que estavam em vigor até 27 de março, permitindo que algumas empresas retomem suas atividades.

A medida suscitou preocupações sobre um possível retorno do surto da epidemia, que causou mais mortes na Espanha do que em qualquer outro lugar, com exceção dos Estados Unidos e Itália.

O presidente da Catalunha, Quim Torra, disse em uma publicação no Twitter que o governo estava ignorando os conselhos científicos a favor de “manter o confinamento total”.

Por Nathan Allen e Graham Keeley

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up