for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Chefe da OMS diz confiar que EUA vão manter financiamento na luta contra coronavírus

Diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus 28/02/2020 REUTERS/Denis Balibouse

GENEBRA/ZURIQUE (Reuters) - O chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse nesta segunda-feira confiar que os Estados Unidos continuarão a financiar a agência que lidera a resposta global à pandemia de Covid-19, apesar de críticas recentes do presidente norte-americano, Donald Trump.

O diretor-geral da OMS também disse que os países da Europa que consideram levantar as medidas de isolamento social devem ser orientados pela necessidade de proteger a saúde humana, acrescentando: “As medidas de restrição devem ser levantadas lentamente e com controle”.

Tedros, perguntado por um jornalista norte-americano sobre relatos de que Trump pode cortar o financiamento nesta semana, disse que conversou com o líder norte-americano há duas semanas.

“O que sei é que ele é favorável e espero que o financiamento à OMS continue. O relacionamento que temos é muito bom e esperamos que isso continue”.

Reportagem de Stephanie Nebehay e Silke Koltrowitz

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up