for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

UE "lamenta profundamente" decisão de Trump de suspender financiamento à OMS

BRUXELAS (Reuters) - A União Europeia se uniu ao movimento internacional que condenou a decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de suspender o financiamento para a Organização Mundial da Saúde (OMS), afirmando nesta quarta-feira que foi injustificada durante a pandemia de coronavírus.

“Lamentamos profundamente a decisão dos EUA de suspender o financiamento à OMS. Não há razão que justifique essa medida em um momento em que esforços são mais necessários do que nunca”, disse o chefe de política externa da UE, Josep Borrell, no Twitter.

Os EUA são o maior doador único da OMS.

Reportagem de Robin Emmott

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up