for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Motorista é morto em veículo da OMS que levava amostras de vírus em Myanmar

(Reuters) - Um veículo da Organização Mundial da Saúde (OMS) que levava amostras de pacientes que seriam testados para o novo coronavírus foi alvejado no Estado de Rakhine, no oeste de Myanmar, e o motorista foi morto, anunciou a Organização das Nações Unidas nesta terça-feira.

A ONU não informou quem conduziu o ataque na região, que passa por uma intensificação nos conflitos entre o Exército do país e os insurgentes do Exército Arakan, apesar dos pedidos globais por um acordo de cessar fogo durante a pandemia que já matou cinco e causou 119 infecções em Myanmar.

O motorista, Pyae Sone Win Maung, foi morto no município de Minbya na segunda-feira, informou o escritório da ONU em Myanmar em um posto no Facebook. “O colega da OMS dirigia um veículo marcado da ONU de Sittwe para Yangon transportando amostras de Covid-19 em apoio ao Ministério da Saúde e dos Esportes”, acrescentava a nota.

Tanto o Exército de Myanmar quanto o Exército Arakan negaram responsabilidade pelo ataque e acusaram um ao outro. O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, criticou fortemente o ataque, pedindo uma investigação completa e transparente e que os assassinos seja levados à Justiça, afirmou o porta-voz da ONU Stephane Dujarric.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up