for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Chefe da OMS diz que coronavírus "estará conosco por muito tempo"

Diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus 28/02/2020 REUTERS/Denis Balibouse

GENEBRA (Reuters) - A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou nesta quarta-feira que há “tendências preocupantes de alta” em casos de coronavírus em alguns países da África, América Central e América do Sul, e alertou que a abertura de viagens internacionais precisa ser gerenciada com cuidado.

“A maioria dos países ainda está nos estágios iniciais de suas epidemias e alguns que foram afetados no início da pandemia estão começando a ver um ressurgimento dos casos”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, a jornalistas de Genebra, em uma entrevista pela internet.

“Não se enganem, ainda temos um longo caminho a percorrer. Esse vírus estará conosco por um longo tempo”, acrescentou, observando o progresso no combate ao coronavírus em países da Europa Ocidental.

O principal especialista em emergências da OMS, Mike Ryan, alertou contra a abertura de viagens internacionais muito rapidamente, dizendo que isso exigiria “cuidadoso gerenciamento de riscos”.

Reportagem de Stephanie Nebehay e Emma Farge

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up