for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

OMS diz esperar que EUA reconsiderem financiamento, mas foco está no fim da pandemia

Diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, durante entrevista coletiva em Genebra 09/04/2020 REUTERS/Denis Balibouse

GENEBRA (Reuters) - O chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou nesta quarta-feira esperar que o governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconsidere sua decisão de suspender o financiamento à entidade, mas que seu foco principal é acabar com a pandemia de coronavírus e salvar vidas.

Em entrevista coletiva em Genebra, Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS, afirmou: “Espero que o congelamento do financiamento seja reconsiderado e que os EUA apoiem mais uma vez o trabalho da OMS e continuem a salvar vidas”.

“Espero que os EUA acreditem que esse seja um importante investimento, não apenas para ajudar outras pessoas, mas também para que os EUA se mantenham seguros”, disse Tedros.

O doutor Mike Ryan, especialista em emergências da OMS, afirmou que era importante entender as origens animais do novo coronavírus, a qual derrubou a barreira entre espécies para a humana ao final do ano passado na China, acrescentando: “Ele pode ser violado novamente”.

A OMS está pronta para trabalhar com a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO, na sigla em inglês) e a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE, na sigla em inglês) para conduzir uma investigação sobre a origem animal e ofereceu assistência ao governo da China, disse Ryan.

Por Stephanie Nebehay

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up