for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

China não escondeu surto de coronavírus, diz embaixador chinês em Londres

Embaixador chinês no Reino Unido, Liu Xiaoming 15/08/2019 REUTERS/Simon Dawson

LONDRES (Reuters) - A China não escondeu o surto do novo coronavírus e os Estados Unidos não devem buscar intimidar o país de forma parecida com a feita durante as guerras coloniais europeias do século 19, disse o embaixador chinês em Londres nesta quinta-feira.

“Escuto muito sobre essa especulação, essa desinformação sobre a China acobertando, sobre a China escondendo algo -- isso não é verdade”, disse Liu Xiaoming. “O governo chinês foi transparente e muito rápido ao compartilhar dados.”

“Algum outro país --seus tribunais locais processaram a China-- é absurdo”, disse. “Alguns políticos, algumas pessoas, querem brincar de ser a polícia do mundo --esta não é a era da diplomacia de canhoneira, esta não é a era quando a China era uma sociedade semi-colonial, semi-feudal.”

“Essas pessoas ainda vivem nos dias antigos -- elas acham que podem intimidar a China, acham que podem intimidar o mundo”, disse Liu. “A China não é inimiga dos Estados Unidos -- se eles consideram a China inimiga, escolheram o alvo errado.”

Reportagem de Guy Faulconbridge e Kylie MacLellan

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up