for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Reino Unido diz que não há evidência de intromissão da Rússia em referendo do Brexit

Premiê britânico, Boris Johnson, durante reunião semanal de gabinete em Londres 21/07/2020 REUTERS/Simon Dawson

LONDRES (Reuters) - O Reino Unido afirmou nesta terça-feira que não há evidência de interferência bem-sucedida da Rússia no referendo que decidiu pela saída do país da União Europeia, minimizando os pedidos de um comitê de segurança do Parlamento britânico para uma avaliação de uma intromissão russa na votação.

“Não vimos evidência de interferência bem-sucedida no referendo sobre a UE”, disse o governo do Reino Unido em resposta à publicação de um relatório do Parlamento sobre a intromissão russa em assuntos britânicos mais cedo nesta terça-feira.

“Uma avaliação retrospectiva do referendo sobre a UE não é necessária”, acrescentou o governo.

Reportagem de Andy Bruce

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up