for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

EUA e Rússia realizarão primeiras negociações sobre segurança espacial desde 2013

Um lançador carrega um satélite. 27/05/2006. REUTERS/ESA/CNES/ARIANESPACE.

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos e a Rússia vão realizar na próxima semana suas primeiras conversações bilaterais formais sobre segurança espacial desde 2013, após uma alegação dos EUA de que a Rússia testou arma antissatélite no espaço neste mês, disse uma autoridade norte-americana na sexta-feira.

Washington espera promover normas de comportamento responsável no espaço, afirmou o secretário de Estado adjunto dos EUA para segurança internacional e não-proliferação, Christopher Ford, pedindo uma maior estabilidade, previsibilidade e ferramentas de gestão de crise.

Um porta-voz do Departamento de Estado dos EUA disse que as negociações ocorrerão na segunda-feira em Viena.

Ford disse a repórteres que os Estados Unidos acreditam que Rússia e China já transformaram o espaço em “um domínio de guerra”, observando que o Comando Espacial dos EUA disse ter evidências de que a Rússia testou uma arma antissatélite no espaço em 15 de julho.

“O que eles estão fazendo é sinalizar para o mundo que são capazes de destruir satélites em órbita com outros satélites, ao que parece. Isso é algo muito perturbador, provocativo, perigoso e algo imprudente de se fazer”, afirmou Ford.

“Esperamos poder transmitir essa mensagem a eles e trabalhar de uma maneira melhor para os países mostrarem a devida restrição e comportamento responsável em órbita, porque esse é o tipo de coisa que pode sair do controle e ficar muito mal rapidamente no futuro”, acrescentou Ford.

Reportagem de Arshad Mohammed e Daphne Psaledakis

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up