for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Instituto Serum, na Índia, receberá US$ 150 milhões da Fundação Gates para vacinas de Covid-19

Seringa em fraco com rótulo de vacina contra Covid-19 em foto de ilustração 10/04/2020 REUTERS/Dado Ruvic

BENGALURU (Reuters) - O Instituto Serum, na Índia, afirmou nesta sexta-feira que receberá 150 milhões de dólares de financiamento da Fundação Bill & Melinda Gates e da aliança de vacinas Gavi para produzir 100 milhões de doses de vacina para Covid-19 para a Índia e outras economias emergentes em 2021.

As candidatas à vacina, incluindo aquelas da AstraZeneca e Novaax, custarão 3 dólares a dose e serão disponibilizadas em 92 países, dentro do Acordo de Mercado Avançado Covax, da Gavi, afirmou a empresa, em um comunicado.

A Fundação Gates fornecerá à Gavi os fundos que serão usados para apoiar o Instituto Serum.

A Gavi, apoiada pela Fundação Gates, é uma parceria público-privada global com o objetivo de aumentar o acesso à imunização em países pobres.

É a co-líder da Covax --plano com o objetivo de garantir acesso fácil e equitativo às vacinas de Covid-19-- ao lado da Organização Mundial de Saúde (OMS) e a Coalizão para Inovações em Preparação para Epidemias (CEPI, sigla em inglês).

A Covax busca entregar 2 bilhões de doses de vacinas aprovadas e efetivas de Covid-19 até o fim de 2021.

A Índia relatou um salto recorde em casos diários de coronavírus na sexta-feira e se tornou o terceiro país do mundo a superar 2 milhões de infectados. Fica atrás dos Estados Unidos e do Brasil no número de casos.

(Por Anuron Kumar Mitra em Bengaluru)

Tradução Redação São Paulo, 5511 56447759 REUTERS ES

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up