for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Biden diz que todos governadores dos EUA deveriam obrigar uso de máscaras contra o coronavírus

Joe Biden e Kamala Harris participam de evento de campanha em Wilmington, Delaware 13/08/2020 REUTERS/Carlos Barria

WILMINGTON, Estados Unidos (Reuters) - O candidato à Presidência dos Estados Unidos pelo Partido Democrata, Joe Biden, pediu nesta quinta-feira que todos os governadores norte-americanos instituam o uso obrigatório de máscaras em seus Estados para desacelerar a propagação do coronavírus, que já matou mais de 165 mil pessoas nos Estados Unidos.

Em seu segundo dia de campanha com a ex-rival e agora companheira de chapa Kamala Harris a seu lado, Biden fez o pedido pelo uso obrigatório em todo o país após uma reunião virtual com conselheiros de Saúde Pública em sua cidade natal de Wilmington, no estado do Delaware.

“Todo americano deveria estar usando máscara quando estiver fora de casa pelos próximos três meses”, disse Biden. “Todos os governadores deveriam decretar uso obrigatório de máscaras.”

O candidato disse que a demora inicial para se pedir o uso de máscaras levaram a mortes desnecessárias.

O presidente Donald Trump, que concorre contra o democrata em novembro nas eleições, por muito tempo se recusou a utilizar máscaras em público, fato que transformou o uso do equipamento de proteção em um símbolo político e provocou disputas em todo o país nas quais autoridades republicanas eleitas e alguns apoiadores de Trump se irritaram e recusaram o uso da peça.

Autoridades de Saúde Pública concordam que o uso de máscaras em público desacelera a contaminação pela doença que já infectou mais de 5,2 milhões de norte-americanos.

“Eu espero que tenhamos aprendido nossa lição. Eu espero que o presidente tenha aprendido sua lição”, disse Biden, o ex-vice-presidente do país.

Reportagem de Trevor Hunnicutt

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up