for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Polícia de Portland declara rebelião durante protestos contra veredicto do caso Breonna Taylor

18/09/2020 REUTERS/Shannon Stapleton

(Reuters) - A polícia de Portland, cidade do Estado norte-americano do Oregon, declarou uma rebelião na noite de quarta-feira depois que manifestantes danificaram um edifício da polícia durante os tumultos que emergiram após a decisão de um grande júri sobre o caso Breonna Taylor.

“Para aqueles que se reuniram diante da Delegacia Central da 2ª Avenida Sudoeste. Esta reunião foi declarada uma rebelião”, disse a força policial no Twitter. A multidão foi instruída a se dispersar ou enfrentar gás lacrimogêneo, outros agentes de controle de multidões ou a prisão.

Um dos manifestantes lançou um coquetel Molotov contra policiais diante da delegacia, como mostrou um vídeo da polícia de Portland publicado no Twitter.

Janelas superiores pareciam ter sido danificadas, e parte de um toldo diante do edifício estava em chamas, de acordo com uma fotografia compartilhada pela polícia, que disse que o prédio sofreu “danos substanciais”.

Dois policiais foram feridos por tiros na noite de quarta-feira em Louisville, no Kentucky, durante protestos contra a decisão de um grande júri a respeito da morte de Taylor, uma negra que foi morta a tiros pela polícia em casa durante uma operação em março.

No início do dia, o grande júri decidiu que nenhum dos três policiais brancos envolvidos na operação realizada no apartamento de Taylor será acusado de causar sua morte. Um dos policiais foi indiciado por ter colocado seus vizinhos em perigo.

Por Aishwarya Nair e Rama Venkat em Bengaluru

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up