for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Russo Navalny precisará de ao menos um mês para voltar à forma, prevê ativista

Líder opositor russo Alexei Navalny durante protesto em Moscou 24/02/2019 REUTERS/Tatyana Makeyeva

BERLIM (Reuters) - Alexei Navalny, crítico do Kremlin, precisará de ao menos mais um mês para voltar à forma, disse o ativista que ajudou a levá-lo à Alemanha para ser tratado, acrescentando que está claro que ele planeja voltar à Rússia e retomar suas atividades políticas.

Na quarta-feira, Navalny apareceu em público pela primeira vez desde que teve alta de um hospital de Berlim em que a Alemanha disse que ele estava sendo tratado devido a um envenenamento com um agente nervoso potencialmente fatal.

“Ele ainda não está 100% como estava antes”, disse Jaka Bizilj, fundador da Fundação do Cinema pela Paz, a jornalistas estrangeiros na capital alemã.

“Quando recebemos os primeiros relatos, tivemos a impressão de que ele teve uma recuperação rápida e que estava em forma, mas temos que ser cuidadosos”, disse. “Acho que ele precisará de ao menos um mês para ficar em forma novamente.”

Navalny foi levado de avião da Rússia para Berlim no mês passado depois de adoecer durante um voo doméstico na Sibéria. O Ocidente exigiu uma explicação do Kremlin, que negou qualquer envolvimento com o incidente e disse ainda não ter visto nenhum indício de crime.

Bizilj, que já havia ajudado o ativista anti-Kremlin Pyotr Verzilov a receber tratamento na Alemanha após um suposto envenenamento, disse que não tem dúvida de que Navalny retornará ao seu país.

“Seu chefe de gabinete deixou claro que não existe dúvida de que ele quer voltar à Rússia”, disse, acrescentando que não viu Navalny em pessoa, mas que está em contato com sua equipe e sua família.

Por Madeline Chambers

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up