for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

EUA dizem que não há acordo final com Bagdá sobre tropas

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos disseram na segunda-feira que não há um acordo final com Bagdá quanto às forças norte-americanas, depois que o primeiro-ministro iraquiano, Nuri al-Maliki, disse que foi feito um acordo para encerrar a presença militar estrangeira até o final de 2011.

“O que os negociadores acertaram foi um esboço de acordo”, disse Robert Wood, porta-voz do Departamento de Estado. “Ainda tem de passar por vários níveis do sistema político iraquiano antes de termos um acordo de verdade com o lado iraquiano”, disse Wood, acrescentando que Bush teria de assinar o acordo.

“Até obtermos um acordo, não temos um acordo”, disse. Ele se recusou a comentar sobre 2011, data em que Maliki disse que aconteceria a retirada de toda presença militar estrangeira no Iraque.

Por susan Cornwell

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up