August 5, 2011 / 12:16 PM / in 9 years

Anistia alerta Geórgia por expulsão de refugiados

TBILISI (Reuters) - A entidade Anistia Internacional pediu na sexta-feira à Geórgia que suspenda a expulsão de refugiados da sua capital, que vem ocorrendo há cerca de um ano.

Os refugiados presentes em Tbilisi são resultado de conflitos do começo da década de 1990 nas regiões georgianas rebeldes da Abkházia e Ossétia do Sul, e novamente em 2008, quando Rússia e Geórgia travaram uma guerra de cinco dias.

Embora sejam em geral transferidos para apartamentos de melhor qualidade, muitos afetados pelas remoções se queixam de receberem pouco aviso prévio das mudanças, e de serem obrigados a construírem uma nova vida no interior, longe dos seus meios de subsistência e das redes de solidariedade construídas ao longo de quase duas décadas.

“Em sua iniciativa para esvaziar alojamentos temporários na capital e de oferecerem moradia durável aos deslocados, as autoridades georgianas ignoraram proteções essenciais aos removidos, e privaram muita gente das redes de apoio e subsistência estabelecidas,” disse Natalia Nozadze, pesquisadora da Anistia na Geórgia, acrescentando que a prática viola obrigações da Geórgia perante o direito internacional humanitário.

Nenhum responsável do ministério georgiano dos Refugiados foi localizado para comentar.

Reportagem de Matt Robinson

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below