3 de Fevereiro de 2013 / às 15:28 / em 5 anos

Lino Oviedo, candidato à presidência do Paraguai, morre em acidente

ASUNCION, 3 Fev (Reuters) - O candidato à presidência do Paraguai Lino Oviedo, que ajudou a liderar o golpe de 1989 que derrubou o ex-ditador Alfredo Stroessner, morreu em um acidente de helicóptero neste final de semana.

Foto de arquivo de Lino Oviedo, candidato à presidência do Paraguai, durante coletiva de imprensa em Assunção. Oviedo, que ajudou a liderar o golpe de 1989 que derrubou o ex-ditador Alfredo Stroessner, morreu em um acidente de helicóptero neste final de semana. 18/04/2008 REUTERS/Jorge Adorno

General aposentado conhecido como uma figura pública dinâmica, Oviedo, que tinha 69 anos, iria concorrer na eleição presidencial em abril para comandar o empobrecido e politicamente instável país latino-americano.

Equipes de resgate encontraram o corpo de Oviedo neste domingo junto aos destroços de um helicóptero no norte do Paraguai, por onde ele estava viajando para um evento de campanha.

O dia 3 de fevereiro marca exatamente 24 anos do golpe que encerrou a ditadura de Stroessner.

Oviedo foi acusado de conspirar para derrubar governos na década de 1990 e foi condenado a dez anos de prisão. Ele foi perdoado antes de terminar a pena e voltou à política como líder do partido União Nacional de Cidadãos Éticos.

Por Daniela Desantis e Mariel Cristaldo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below