March 4, 2013 / 10:23 AM / 6 years ago

Funcionários da Iberia iniciam nova greve

Funcionários da Ibéria participam de manifestação no terminal 4 do aeroporto de Bajaras durante greve da companhia aérea, em Madri. Os funcionários da Iberia começaram na segunda-feira uma nova série de greves de cinco dias para protestarem contra o plano de ajuste da companhia, que prevê 3.807 demissões. 04/03/2013 REUTERS/Juan Medina

MADRI (Reuters) - Os funcionários da Iberia começaram na segunda-feira uma nova série de greves de cinco dias para protestarem contra o plano de ajuste da companhia, que prevê 3.807 demissões.

Um total de 1.280 voos foi cancelado nesse período pela Iberia, Iberia Express, Vueling e Air Nostrum. A maioria dos passageiros foi realocada em voos de outras transportadoras.

A Iberia, que cancelou 431 voos nesta semana, disse que acomodou 95 por cento dos 40 mil passageiros afetados pela greve.

Não houve incidentes relevantes no começo da greve nos aeroportos da Espanha, segundo representantes da Iberia e do gestor aeroportuário Aena.

A Iberia e os representantes dos trabalhadores chegaram a acordo em 21 de fevereiro para aceitar um mediador na disputa trabalhista, mas os sindicatos disseram que manteriam as paralisações e a companhia afirmou que continuaria com as demissões em massa.

As greves contra o plano de ajuste começaram em 22 de fevereiro.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below